Existe uma prevalência crescente nos casos de hipotireoidismo e concomitantemente há um crescimento no número de meta-análises (MAs) sobre sua associação com outras doenças. No entanto, a qualidade metodológica das MAs pode variar significativamente.

Assim, pesquisadores avaliaram e sintetizaram dados sobre a qualidade metodológica das MAs sobre as associações entre o hipotireoidismo e outras doenças, utilizando a escala Avaliação de Revisões Sistemáticas Múltiplas (AMSTAR), fornecendo sugestões para os processos de decisão clínica.

Os investigadores realizaram uma pesquisa bibliográfica sistemática nas bases de dados PubMed, EMBASE, Cochrane Library, Web of Science e Chinese Biomedicine Literature Database. Eles incluíram na análise, as MAs que avaliaram a associação entre o hipotireoidismo e outras doenças em humanos, que apresentassem textos completos, independentemente do status da publicação e sem restrições ao idioma ou data.

Dois revisores selecionaram independentemente os títulos e resumos das publicações potencialmente elegíveis entre toda a literatura pesquisada. Os textos completos das publicações possivelmente elegíveis foram avaliados, e as eventuais inconsistências encontradas pelos revisores foram resolvidas por meio de discussões com um terceiro revisor.

No total, 52 estudos foram incluídos na análise. A pontuação média no AMSTAR dos artigos incluídos foi de 8,6 (intervalo: 5-10), e a pontuação dos estudos em Inglês e Chinês foram 8,8 e 7,0, respectivamente. Entre as MAs avaliadas, 19 (36,5%) e 33 (63,5%) apresentaram qualidade moderada e alta, respectivamente. Nenhuma das MAs apresentou baixa qualidade. De acordo com os resultados das MAs analisadas, o hipotireoidismo foi significativamente associado a doenças cardiovasculares, doenças metabólicas, transtornos neuropsiquiátricos, câncer de mama e resultados desfavoráveis na gestação.
Após a análise dos resultados, os autores da revisão puderam concluir que a qualidade metodológica das MAs sobre a associação entre o hipotireoidismo e outras doenças foi de moderada a alta. MAs com alta qualidade confirmaram que o hipotireoidismo está significativamente associado a doenças cardiovasculares, síndrome metabólica, parto prematuro e desfechos neonatais desfavoráveis.

Acesso em 19 Jul 2019. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC6475183/

A qualidade metodológica das MAs sobre a associação entre o hipotireoidismo e outras doenças foi de moderada a alta.

REFERÊNCIAS

  1. Tian L, Shao F, Qin Y, Guo Q, Gao C.

    Hypothyroidism and related diseases: a methodological quality assessment of meta-analysis.

    BMJ Open. 2019 Mar 30;9(3):e024111.