A partir dos 50 anos existe um aumento acentuado na incidência de osteoartrite (OA) sintomática e de artroplastia total do joelho (ATJ). Os indivíduos com altos índices de massa corporal (IMC) e do sexo feminino apresentam risco aumentado de ATJ em decorrência de OA primária. Atualmente, não existem biomarcadores eficazes para identificar indivíduos com OA avançada.

Os pacientes com OA apresentam relações plasmáticas alteradas de lisofosfatidilcolina (lysoPC) e fosfatidilcolina (PC), quando comparados com adultos saudáveis. Estudos anteriores mostraram que a proporção lysoPC/PC foi preditiva de ATJ em análises com 10 anos de acompanhamento. No entanto, ainda não está claro se os níveis individuais de metabólitos, especificamente de análogos de lysoPC ou PC, poderiam identificar a OA.

Nesse sentido, pesquisadores analisaram se níveis plasmáticos de metabólitos poderiam ser preditivos de OA.

Para o estudo, que foi publicado no periódico científico PLoS One, os investigadores utilizaram o plasma de uma coorte de pacientes submetidos a ATJ devido a OA para medir análogos de lysoPC e PC, estratificando essa análise por idade, sexo e IMC, e compararam com indivíduos saudáveis.

Os resultados mostraram que a classificação OA, em relação a indivíduos saudáveis, utilizando os níveis de metabólitos se mostrou mais forte em indivíduos do sexo masculino e acima dos 50 anos.
Os autores do estudo concluíram que, para os indivíduos do sexo masculino, a lysoPC e PC podem ser indicativas de uma resposta fisiopatológica à OA ou de uma contribuição direta com os sintomas e/ou patogênese, e que pode diferenciar os pacientes com OA de indivíduos saudáveis. Na opinião dos investigadores, a inclusão de outros biomarcadores circulantes, como aminoácidos, citocinas e microRNAs, pode melhorar a previsão da OA.

Acesso em 23 Set 2019.
Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC6025859/pdf/pone.0199618.pdf

REFERÊNCIAS

  1. Rockel JS, Zhang W, Shestopaloff K, Likhodii S, Sun G, Furey A, et al.

    A classification modeling approach for determining metabolite signatures in osteoarthritis.

    PLoS One. 2018 Jun 29;13(6):e0199618.