O excesso de peso é uma epidemia no Brasil, assim como em vários outros países.1,2 Atinge de 30 a 70% da população, sendo mais prevalente após os 50 anos.1,2 O hipotireoidismo é uma doença também com alta prevalência, chegando até 20% na população idosa.1,2  Tanto o hipotireoidismo, quanto o excesso de peso são mais prevalentes nas mulheres do que nos homens.1,2
Existe uma interação entre o tecido adiposo e os hormônios tiroidianos.3,4 A leptina produzida no tecido adiposo estimula indiretamente a secreção do TRH no hipotálamo e, diretamente, a secreção do TSH.3,4  As adipocinas tem atividade inflamatória e podem ser um fator desencadeador de doença autoimune da tiroide.3,4

O hipotireoidismo subclínico é mais prevalente na população com sobrepeso e obesa, variando entre 10 a 25%.9

Os hormônios tiroidianos têm importante papel na regulação da termogênese e são responsáveis por até 30% do gasto energético basal. 5,6 Existe uma relação bidirecional entre obesidade e disfunção tiroidiana. O TSH induz adipogênese e produção de leptina e, por sua vez, a leptina estimula o TRH e o TSH.7,8

O hipotireoidismo subclínico é mais prevalente na população com sobrepeso e obesa, variando entre 10 a 25%.9  Convém ressaltar que o TSH normalizou em até 90% da população com hipotireoidismo subclínico após cirurgia bariátrica ou que perdeu peso significativamente com dieta.9 
Como agir quando o paciente tem hipotireoidismo franco ou hipotireoidismo subclínico no paciente obeso ou com sobrepeso?

Primeiro, excluir outras causas não tiroidiana de elevação do TSH como aumento fisiológico no idoso, insuficiência adrenal, síndrome de resistência ao hormônio tiroidiano ou síndrome de resistência ao TSH.10 Segundo, excluir causas transitórias de aumento do TSH com tiroidites, doença não tiroidiana, uso de lítio ou de amiodarona.10 Terceiro, decidir quando tratar ou observar.9,10 No paciente com hipotireoidismo franco, tratar sempre.9,10  O hipotireoidismo subclínico não tratar considerando apenas o TSH, sendo necessário incluir a presença de anticorpos, a presença de bócio e sintomas.9,10  Lembrando que, nos obesos, a perda de peso normalizou o TSH na maioria dos casos.9,10 

O tratamento da obesidade deve ser integrado para se obter sucesso, com orientação alimentar, atividade física, uso de medicamentos sacietógenos ou anorexígenos e reposição com levotiroxina quando necessário.9-12

REFERÊNCIAS

  1. IBGE.

    Pesquisa Nacional de Saúde, 2013.

    Disponível em: http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv94522.pdf. Acesso em: 5 jun. 2020.

  2. Canaris GJ, Manowitz NR, Mayor G, Ridgway EC.

    The Colorado thyroid disease prevalence study.

    Arch Intern Med. 2000;160(4):526‐34.

  3. Fontenelle LC, Feitosa MM, Severo JS, Freitas TEC, Morais JBS, Torres-Leal FL, et al.

    Thyroid Function in Human Obesity: Underlying Mechanisms.

    Horm Metab Res. 2016;48(12):787‐94.

  4. Duntas LH, Biondi B.

    The interconnections between obesity, thyroid function, and autoimmunity: the multifold role of leptin.

    Thyroid. 2013;23(6):646‐53.

  5. Acheson K, Jéquier E, Burger A, Danforth E Jr.

    Thyroid hormones and thermogenesis: the metabolic cost of food and exercise.

    Metabolism. 1984;33(3):262‐65.

  6. Danforth E Jr, Burger A.

    The role of thyroid hormones in the control of energy expenditure.

    Clin Endocrinol Metab. 1984;13(3):581‐95.

  7. Sorisky A, Bell A, Gagnon A.

    TSH receptor in adipose cells.

    Horm Metab Res. 2000;32(11-12):468‐74.

  8. Nillni EA, Vaslet C, Harris M, Hollenberg A, Bjørbak C, Flier JS.

    Leptin regulates prothyrotropin-releasing hormone biosynthesis. Evidence for direct and indirect pathways.

    J Biol Chem. 2000;275(46):36124‐133.

  9. Granzotto PCD, Mesa Junior CO, Strobel R, Radominski R, Graf H, de Carvalho GA.

    Thyroid function before and after Roux-en-Y gastric bypass: an observational study.

    Surg Obes Relat Dis. 2020;16(2):261‐69.

  10. Sgarbi JA, Teixeira PF, Maciel LM, Mazeto GMFS, Vaisman M, Montenegro Junior RM, et al.

    The Brazilian consensus for the clinical approach and treatment of subclinical hypothyroidism in adults: recommendations of the thyroid Department of the Brazilian Society of Endocrinology and Metabolism.

    Arq Bras Endocrinol Metabol. 2013;57(3):166‐83.

  11. Ruban A, Stoenchev K, Ashrafian H, Teare J.

    Current treatments for obesity.

    Clin Med (Lond). 2019;19(3):205‐12.

  12. Wadden TA, Webb VL, Moran CH, Bailer BA.

    Lifestyle modification for obesity: new developments in diet, physical activity, and behavior therapy.

    Circulation. 2012;125(9):1157‐70.