Chega o momento, então, de garantir a saúde das crianças, que estarão expostas a diferentes pessoas e diferentes rotinas, após um tempo considerável em isolamento. Para se preparar para um retorno mais seguro das crianças ao ambiente escolar, é essencial garantir a saúde como um todo, e o equilíbrio da microbiota intestinal pode contribuir, auxiliando na saúde gastrintestinal e fortalecendo sua defesa.

icon vulnerabilidade

A microbiota é composta pelos microrganismos que colonizam o intestino, em relação simbiótica com a mucosa intestinal, conferindo proteção e ajudando a manter o indivíduo saudável.1

Atenção com as crianças! Na volta às aulas, alguns fatores podem impactar o equilíbrio da microbiota intestinal.2

Rotina menos flexível

Voltar à sala de aula pode gerar estresse. A ativação de regiões específicas do cérebro nessas situações pode impactar permeabilidade e motilidade intestinais.3

Exposição ao ambiente externo

O contato com novas pessoas, ambientes ou contaminantes podem afetar as bactérias gastrintestinais.4

Mudança na rotina alimentar

A alimentação é determinante para a microbiota. No ambiente escolar, nem sempre é possível ter o mesmo controle sobre a qualidade e higiene dos alimentos.5

icon enterogermina

Importância do equilíbrio da microbiota intestinal: fortalece a defesa ao contribuir para a promoção da saúde gastrointestinal.1


ENTEROGERMINA e ENTEROGERMINA PLUS. “O Bacillus clausii (probiótico) contribui para o equilíbrio da flora intestinal. Seu consumo deve estar associado a uma alimentação equilibrada e hábitos de vida saudáveis.”

NÃO CONTÉM GLÚTEN. Leia atentamente o rótulo.

*Enterogermina é resistente a antibióticos comumente usados: Ácido nalidíxico, Aminoglicosídeo, Novobiocina, Penicilina, Cefalosporina, Macrolídeo, Isoniazida, Ácido pipemídico, Cloranfenicol, Tianfenicol, Cicloserina, Tetraciclina, Lincomicina, Rifampicina.