Bisacodil, o que sabemos sobre esse laxante? 

A constipação, geralmente definida como três ou menos evacuações por semana, afeta cerca de 23% da população mundial. 

Além disso, a maioria dos indivíduos com constipação reclama do impacto elevado ou extremo que essa condição tem em sua vida. 

Felizmente, há opções de tratamento que podem ajudar a reduzir esse impacto. 

O bisacodil oferece uma solução para a constipação porque induz contrações propulsivas de alta amplitude que frequentemente precedem a evacuação, com amplitude e frequência similares às observadas naturalmente no intestino. 

Bisacodil favorece a motilidade do cólon de forma similar à ação natural do intestino4.

Em um estudo clínico randomizado de alta qualidade, comprovou-se a eficácia do bisacodil para aumentar os movimentos intestinais espontâneos em um período de quatro semanas em comparação com placebo. 

Em uma análise em rede de sete laxantes diferentes, observou-se que nenhum dos medicamentos demonstrou maior eficácia no desfecho primário, mas no desfecho secundário o bisacodil apresentou a maior alteração do número de movimentos intestinais espontâneos por semana a partir do início do estudo. 

Resultados melhores comparativamente6.

Bisacodil apresentou a maior alteração do número de movimentos intestinais espontâneos/Semana a partir do início do estudo6.

Isso indica a recuperação da evacuação natural. 

O bisacodil é bem tolerado e não provoca dependência porque não cruza a barreira hematoencefálica. Além disso, se utilizado na dose adequada, não provoca nenhum risco de desequilíbrio eletrolítico no curto nem no longo prazo, conforme demonstrado em estudos clínicos randomizados. O bisacodil estimula o processo natural de evacuação no cólon. Por fim, o bisacodil ajuda seus clientes a defecar de forma saudável e regular.