Introdução


A Organização Mundial da Saúde estima que, em 2015, 257 milhões de pessoas viviam com infecção crônica por hepatite B. Nesse mesmo ano, a hepatite B resultou em cerca de 887.000 mortes, principalmente por cirrose e carcinoma hepatocelular.

Transmissão do vírus da hepatite B (VHB)


As formas conhecidas de transmissão são:
● de mãe para filho durante o nascimento (transmissão vertical), 
● contato com sangue ou outros fluidos corporais. 

A taxa de infecção pode variar de acordo com a sorologia materna, e a infecção em recém-nascidos está relacionada a riscos maiores em relação aos adultos (Figura 1).2
 
Figura 1. Taxa de infecção dos recém-nascidos segundo a sorologia da mãe e taxa de desenvolvimento de cirrose ou câncer hepático em portadores de vírus da hepatite B (VHB). O AgHBs positivo significa vacinação ou infecção prévia pelo (VHB) e o AgHBe positivo significa que o vírus está se multiplicando.2 

Quando vacinar?


Hoje, a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) e a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) possuem calendários vacinais com recomendações para diferentes faixas etárias. A vacinação contra a hepatite B é recomendada por ambas as sociedades conforme os calendários abaixo:
 

Recomendação SBP:3 

                                                        (Adaptado do calendário da SBP)

 

Recomendação SBIm:4 

*A primeira dose deve ser aplicada nas primeiras 12 horas de vida. O esquema de 4 doses pode ser adotado quando é utilizada uma vacina combinada que inclua a vacina hepatite B, ou seja, a primeira dose ao nascer, com a vacina isolada, e aos 2, 4 e 6 meses de idade com DTPw-HB-Hib ou DTPa-HB-VIP-Hib.
(Adaptado do calendário da SBIm)

HEXAXIM®, uma vacina hexavalente acelular, induz a produção de anticorpos e a proteção contra 6 doenças, incluindo a hepatite B, em apenas uma injeção pronta para uso.5

Esquema vacinal e dose: 2

É fundamental a administração precoce da vacina contra hepatite B nas primeiras 24 h para prevenção da transmissão vertical. No caso de recém-nascido de mãe AgHBs positiva, a administração deve ocorrer preferencialmente nas primeiras 12 h.2 

Intervalos maiores do que os recomendados proporcionam resultados equivalentes, não havendo a necessidade de reiniciar o esquema quando houver comprovação documentada (caderneta de vacina, registro em prontuário, ficha de registro de sala de vacina, entre outros), mas é sempre importante verificar a situação vacinal anterior.2 

A vacina contra hepatite B poderá ser aplicada simultaneamente a outras vacinas do calendário vacinal de rotina, não apresentando comprometimento da eficácia ou aumento de eventos adversos.2

Para saber mais sobre HEXAXIM® e seus benefícios, acesse aqui.