Vídeo: Klaus Rabe - ERS Symposium Video - Unravelling Type 2 Inflammation;

Resumo: Assita ao Dr. Klaus Rabe, Professor de Medicina Pulmonar na Universidade de Kiel e Diretor da Clínica Pulmonar Grosshansdorf, falando sobre o papel da IL-4 e IL-13 na produção de IgE.


Resumo do artigo:

ASMA ALÉRGICA
Dupilumab Efficacy in Patients with Uncontrolled, Moderate-to-Severe Allergic Asthma

Jonathan Corren, MD, Mario Castro, MD, Thomas O’Riordan, MD, Nicola A. Hanania, MD, Ian D. Pavord, MD, Santiago Quirce, MD, Bradley E. Chipps, MD, Sally E. Wenzel, MD, Karthinathan Thangavelu, PhD, Megan S. Rice, ScD, Sivan Harel, PhD, Alexandre Jagerschmidt, PhD, Asif H. Khan, MBBS, MPH, Siddhesh Kamat, MS, Jaman Maroni, MD, Paul Rowe, MD, Yufang Lu, MD, Nikhil Amin, MD, Gianluca Pirozzi, MD, Marcella Ruddy, MD, Neil M.H. Graham, MD, and Ariel Teper, MD (2019)

Nesse artigo os autores trazem o conceito de inflamação tipo 2 e a sobreposição dos fenótipos da asma sob esse conceito, apresentando a eficácia de Dupilumabe para asma alérgica e não alérgica devido ao seu mecanismo de ação atuar nas citocinas chave da doença inflamatória tipo 2: IL-4 e IL-13.

Revisiting Type 2-high and Type 2-low airway inflammation in asthma: current knowledge and therapeutic implications
D. Robinson, M. Humbert, R. Buhl, A. A. Cruz, H. Inoue, S. Korom, N. A. Hanania and P. Nair (2017)

Asma é uma doença respiratória complexa e heterogênea. Para asma grava sabe-se que pode ser desencadeada por fatores genéticos e ambientais. Asma tipo 2 é uma nomenclatura que surge identificada por sua fisiopatologia ter a assinatura das citocinas IL-4, IL-5 e IL-13 produzida por células do sistema imune inato e adaptativo. Os biomarcadores envolvidos são bem conhecidos, como FeNO, IgE, periostina e eosinófilos no sangue e escarro. As citocinas têm sido alvos de intervenções farmacêuticas na busca do controle de pacientes com asma grave. Conhecer antecipadamente as características da doença e sua heterogeneidade identificando fenotipicamente pode guiar o processo de escolha da melhor terapia para cada paciente.

Para o artigo completo, entre em contato com o nosso MSL:
mslimunologiabrasil@sanofi.com