A HEXAXIM® é uma vacina 6 em 1, que gera imunidade contra:1
  • Hepatite B,
  • Difteria, 
  • Tétano,
  • Coqueluche (pertussis),
  • Poliomielite 1, 2 e 3,
  • Infecções por Haemophilus influenzae tipo b (Hib), como meningite e pneumonia.
Essa vacina de uso pediátrico deve ser administrada por via intramuscular, sendo que as vias intradérmica e intravenosa não devem ser utilizadas.

A Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) recomenda a vacinação contra todas as 6 infecções citadas seguindo o cronograma abaixo (Figura 1):2
Figura 1: Calendário de vacinação da SBIm. Recomendações do calendário da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), 2020.

Anteriormente, a imunização contra essas 6 infecções era feita com a aplicação de 4 vacinas distintas (Hepatite B, DTP, Hib e Poliomielite) ou, se utilizada a vacina pentavalente, 2 vacinas diferentes (Pentavalente e Hepatite B). Dessa forma, a utilização da HEXAXIM® oferece simplificação à vacinação pediátrica, imunizando contra todas as 6 infecções com o uso de apenas uma vacina. Além disso, a HEXAXIM® já vem pronta para uso, não sendo necessária a reconstituição antes da sua aplicação.1,2,3
Ao utilizar a vacina HEXAXIM®, seguindo as recomendações da SBIm para a proteção contra hepatite B, difteria, tétano, coqueluche, poliomielite e Hib, o esquema incluiria a imunização contra hepatite B ao nascer, seguida de 3 doses de HEXAXIM®, aplicadas com um intervalo de ao menos 4 semanas, preferencialmente aos 2, 4 e 6 meses, e mais 1 dose de reforço com HEXAXIM® entre os 15 e 18 meses de idade (figura 2). É importante reforçar que a vacina não deve ser administrada antes das 6 semanas de idade.1,2
Figura 2: Programa primário de proteção contra hepatite B, difteria, tétano, coqueluche, poliomielite e Hib utilizando a HEXAXIM®. 

Após o esquema de vacinação primária de três doses com HEXAXIM® e na ausência de vacinação contra a hepatite B no nascimento, é necessária uma dose de reforço da vacina de hepatite B, onde o uso da HEXAXIM® pode ser considerado.1

HEXAXIM® também pode ser usada como dose de reforço para pessoas que tenham recebido anteriormente outra vacina hexavalente ou uma vacina pentavalente associada à hepatite B.1