O tratamento da rinossinusite crônica com pólipos nasais (RSCcPN) envolve o uso de corticosteroides tópicos intranasais, corticosteroides orais por curto prazo, antibióticos orais por longo prazo e/ou cirurgia nasossinusal. Contudo, a resposta a essa terapêutica muitas vezes é parcial e, por isso, os imunobiológicos se apresentam como um tratamento promissor para os pacientes com doença grave não controlada e que apresentam inflamação do tipo 2.1 Além disso, a fim de evitar custos desnecessários e tratamento inadequado, é importante o monitoramento da resposta do paciente à terapia indicada. 1

O slide kit a seguir aborda o que há de novo nos principais guidelines (EPOS, EUFOREA e diretriz brasileira da ABR/ABORL-CCF) sobre o uso de imunobiológicos na RSCcPN.

Faça o download aqui

Caso tenha qualquer dúvida, entre em contato com nosso MSL: mslimunologiabrasil@sanofi.com