Prevenção da meningite


A meningite meningocócica é uma infecção bacteriana grave das membranas que recobrem o cérebro e a medula espinhal. Apesar dos avanços no tratamento médico, a doença pode causar a morte em apenas 24 horas após o início dos sintomas ou provocar graves sequelas, como deficiências, perda auditiva ou dano cerebral. O meio mais efetivo de prevenir a doença meningocócica é a vacinação.1,2

Meningite Meningocócica: Doença com sérios efeitos em indivíduos
Meningite meningocócica: doença com sérios efeitos em indivíduos

A meningite e a septicemia meningocócica são infecções bacterianas causadas pela Neisseria meningitidis. Geralmente se apresenta como uma infecção das meninges (meningite) e/ou sanguínea (septicemia).1,3
 
Saiba mais
A escola do ponto de vista da saúde
A escola do ponto de vista da saúde

A imunização na adolescência enfrenta grandes desafios. E isso ocorre em todos os níveis: individual, familiar e social. Assim como existe dificuldade de adesão a tratamentos longos, esquemas vacinais compostos de várias doses podem dificultar o cumprimento do calendário vacinal, tornando um jovem saudável suscetível a uma doença imunoprevenível e um potencial portador e disseminador de doenças.4

Saiba mais
Protagonismo da escola na manutenção da imunização da criança e adolescente
Protagonismo da escola na manutenção da imunização da criança e adolescente

O ambiente escolar ganhou destaque para a administração rotineira de vacinas em crianças e adolescentes, principalmente porque a população-alvo é facilmente identificável e acessível em um local com restrições logísticas mínimas.5

Saiba mais
Aulas pocket: entenda mais sobre vacinação e meningite meningocócica
Aulas pocket: entenda mais sobre vacinação e meningite meningocócica

Em aulas claras e objetivas, especialistas explicam os desafios e oportunidades da vacinação em adolescentes, a importância das doses de reforço vacinal e o papel da parceria entre escolas e clínicas de imunização na ampliação da cobertura vacinal contra meningite meningocócica.

Saiba mais
Doença meningocócica
Doença meningocócica

A meningite meningocócica é uma infecção bacteriana grave das membranas que recobrem o cérebro e a medula espinhal.1 Em alguns casos, a bactéria Neisseria meningitidis, que causa a meningite meningocócica, pode atingir a corrente sanguínea e se multiplicar (meningococcemia), danificando as paredes dos vasos sanguíneos e causando sangramento na pele e nos órgãos.6

Saiba mais
Imunização de adolescentes: foco em meningite
Imunização de adolescentes: foco em meningite

A adolescência é um período que merece atenção e cuidado, tanto da família quanto dos profissionais da educação e da saúde, para a adoção de uma educação baseada no diálogo e que busque fortalecer a consciência crítica e promover a participação ativa das pessoas em suas próprias vidas.7
 
Saiba mais
Meningite meningocócica: o adolescente como portador
Meningite meningocócica: o adolescente como portador

O estado de portador é alto em adolescentes e, nesse estudo, encontrou-se um pico na idade de 19 anos que ajuda a entender a transmissão da N. meningitidis e desenvolver potenciais estratégias de vacinação.8 A alta taxa em adolescentes pode ser atribuível a vários fatores, incluindo padrões de contato e comportamento social.8
A imunização de adolescentes e seu papel na proteção indireta contra a doença meningocócica
A imunização de adolescentes e seu papel na proteção indireta contra a doença meningocócica

A doença meningocócica é uma doença bacteriana contagiosa causada pelo meningococo (Neisseria meningitidis), um organismo encapsulado e frequente comensal da nasofaringe humana.9-11
Adolescentes estão entre os principais transmissores de meningite meningocócica
Adolescentes estão entre os principais transmissores de meningite meningocócica

A meningite meningocócica é uma infecção bacteriana grave das membranas que recobrem o cérebro e a medula espinhal.12 Em alguns casos, a bactéria (Neisseria meningitidis), que causa a doença pode atingir a corrente sanguínea e se multiplicar (meningococcemia), danificando as paredes dos vasos sanguíneos e causando sangramento na pele e nos órgãos.13

Saiba mais
Desafios e oportunidades na vacinação de adolescentes: estratégias para a cobertura vacinal
Desafios e oportunidades na vacinação de adolescentes: estratégias para a cobertura vacinal

Nessa aula clara e objetiva, dois especialistas abordam os desafios e oportunidades da vacinação em adolescentes, desde a importância da vacinação e das altas coberturas vacinais para a faixa etária até as lições que podem ser tiradas de alguns cases.

Saiba mais
Os desafios da cobertura vacinal em adolescentes: o papel do ginecologista
Os desafios da cobertura vacinal em adolescentes: o papel do ginecologista

A meningite meningocócica está entre as doenças imunopreveníveis mais temidas. A vacinação de adolescentes é uma das prioridades das estratégias de imunização internacional. As instituições governamentais e científicas são unânimes em recomendar que os jovens sejam contemplados com programas específicos, segundo as características socioculturais de cada região.

Saiba mais
Doenças meningocócicas no país
Doenças meningocócicas no país

Entenda mais sobre a epidemiologia da doença meningocócica no Brasil. Dos doze sorogrupos meningocócicos, seis (A, B, C, W, X e Y) são responsáveis por quase todas as doenças endêmicas e epidêmicas em todo o mundo.14 A vacina Menactra® protege contra quatro desses sorogrupos, (A, C, W e Y).15

Saiba mais
Vacinar para proteger: meningite meningocócica
Vacinar para proteger: meningite meningocócica

Você sabia que a meningite meningocócica atingiu 977 pessoas em 2019, segundo dados do Governo Federal?1 Esse número pode ser reduzido com a vacinação dos principais portadores da bactéria causadora da doença, os adolescentes.1,17 Em 2020, O SUS começou a oferecer a vacinação gratuita contra os sorogrupos ACWY para adolescentes de 11 e 12 anos de idade, marcando, assim, mais um avanço no combate da doença meningocócica no Brasil.12,18

Saiba mais
Live – Adolescência, pandemia e doença meningocócica: o que você precisa saber?
Live – Adolescência, pandemia e doença meningocócica: o que você precisa saber?

Evento científico, em parceria com a Sociedade Brasileira de Pediatria, sem conteúdo promocional, que discutiu o impacto da pandemia nas coberturas vacinais de adolescentes e contou com a participação de dois médicos especialistas, que conversaram também sobre o papel do adolescente da transmissão da doença meningocócica e a importância e introdução da vacina MenACWY no Programa Nacional de Imunização.

Saiba mais
Desafios da cobertura vacinal em adolescentes: o papel do pediatra
Desafios da cobertura vacinal em adolescentes: o papel do pediatra

A vacinação meningocócica em adolescentes foi incorporada ao PNI do Brasil em 2017, com a vacina monovalente para o sorogrupo C,20 e em 2020 passamos a utilizar a vacina quadrivalente para os sorogrupos A, C, W e Y na dose de reforço na adolescência.

Saiba mais
COSEMS Norte e Nordeste 2020 discute o impacto da COVID-19 na vacinação de meningite no SUS
COSEMS Norte e Nordeste 2020 discute o impacto da COVID-19 na vacinação de meningite no SUS

Você sabia que a pandemia atual pode ter impactos negativos em outras doenças, além da própria COVID-19?

Saiba mais

Tratamentos da Sanofi

Indicada na imunização ativa para prevenção da doença meningocócica invasiva causada por N. meningitidis sorogrupos A, C, Y e W-135.

Para continuar lendo confirme que você é um profissional da saúde.