Resultados do EMPOWER-LUNG 1: cemiplimabe em monoterapia para pacientes com CPNPC com PD-L1 ≥50%


Libtayo® mostrou melhora clinicamente e estatisticamente significativa na sobrevida global e na sobrevida livre de progressão com cemiplimabe em monoterapia como primeira linha de tratamento em relação à quimioterapia com dupla de platina em pacientes com câncer de pulmão de não pequenas células avançado, apesar da alta taxa de crossover e critérios de inclusão ampliados.1
 
Os dados de sobrevida global para a população PD-L1 ≥50% do estudo EMPOWER-LUNG 1 estão na figura 1.1
Icone cerebro 
83% de redução no risco de morte na população com metástase cerebral1,2

Icone paciente 
52% de redução no risco de morte na população localmente avançada3

Icone pulmão 
52% de redução no risco de morte na população com carcinoma de células escamosas1

Assista no vídeo abaixo a análise dos resultados gerais do estudo, com o Dr. Marcelo Cruz.


Resultados completos de cemiplimabe em monoterapia para pacientes com CPNPC e metástases cerebrais

Saiba mais

Resultados completos de cemiplimabe em monoterapia para pacientes com CPNPC localmente avançado

Saiba mais


Libtayo® demonstrou melhora de SG para população PD-L1 50% vs. QT apesar de critérios de inclusão ampliados, e de uma alta taxa de crossover.1

Além disso, houve 83% de redução do risco de morte na população com metástase cerebral,1,2 52% de redução no risco de morte na população localmente avançada3 e 52% de redução no risco de morte na população com carcinoma de células escamosas.1 Confira  as análises do subgrupo abaixo (figura 2):
sobrevida-livre
Os dados de sobrevida livre de progressão para a população PD-L1 ≥50% do estudo EMPOWER-LUNG 1 estão na figura 3.1
Icone cerebro 
55% de redução do risco de progressão na população com metástase cerebral1,2

Icone paciente 
51% de redução do risco de progressão na população localmente avançada3

Icone pulmão 
52% de redução do risco de progressão na população com carcinoma de células escamosas1


Resultados completos de cemiplimabe em monoterapia para pacientes com CPNPC e metástases cerebrais

Saiba mais

Resultados completos de cemiplimabe em monoterapia para pacientes com CPNPC localmente avançado

Saiba mais


Libtayo® demonstrou melhora na SLP para população PD-L1 50% vs. QT.1

Além disso, houve 55% de redução do risco de progressão na população com metástase cerebral,1,2 51% de redução no risco de progressão na população localmente avançada3 e 52% de redução no risco de progressão na população com carcinoma de células escamosas,1 conforme análise de subgrupos abaixo (Figura 4)
 
A taxa de resposta objetiva (TRO) e a duração da resposta (DdR) do EMPOWER-LUNG 1 na população PD-L1 ≥50% estão na figura 5.1,4 A avaliação tumoral ocorreu a cada 9 semanas.
Icone paciente 
44% de TRO na população localmente avançada3

Icone cerebro 
41% de TRO na população com metástase cerebral

A mediana da DdR do tratamento com Libtayo® foi de 16,7 meses (intervalo: 1,9 a 23,3 meses), enquanto a mediana da DdR com quimioterapia foi de 6 meses (intervalo: 1,3 a 14,5 meses).4 

Mediana da DdR1,†,‡


Libtayo®: 16,7 meses

Intervalo: 1,9-23,3 meses

Quimioterapia: 6,0 meses

Intervalo: 1,3-14,5 meses
Um ponto de destaque importante que o EMPOWER-LUNG 1 traz é a correlação entre expressão de PD-L1 e alteração do volume do tumor, conforme figura 6


Resultados completos de cemiplimabe em monoterapia para pacientes com CPNPC e metástases cerebrais

Saiba mais

Resultados completos de cemiplimabe em monoterapia para pacientes com CPNPC localmente avançado

Saiba mais
 
Em relação ao perfil de segurança, a figura 7, mostra os eventos adversos relacionados ao tratamento (TRAEs) em ≥10% dos pacientes em cada grupo de tratamento do estudo EMPOWER-LUNG 1.1 Os AEs foram listados em ordem decrescente de frequência no grupo tratado com Libtayo®.
Libtayo® foi descontinuado definitivamente, devido a eventos adversos, em 6,5% dos pacientes.1  Além disso, 14,1% dos pacientes apresentaram eventos adversos de grau ≥3.1 

Libtayo® melhorou significativamente a qualidade de vida dos pacientes, como pode ser observado na figura 8.1

Carcinoma espinocelular avançado (para não candidatos à cirurgia ou radioterapia), carcinoma basocelular (pós uso de terapia da via IHH ou para quem o uso de um IHH não for adequado) e câncer de pulmão de não pequenas células (CPNPC) avançado com alta expressão de PD-L1 (TPS- Índice de Proporção do Tumor ≥ 50%). MS nº 1.8326.0303 IB210820B


Para continuar lendo confirme que você é um profissional da saúde.