CRIE: prevenir e cuidar com carinho


Os Centros de Referência para Imunobiológicos Especiais (CRIE) são um dos elos mais importantes no sistema de saúde para bebês prematuros. Confira como eles funcionam.
Image text 01

O que é o CRIE (Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais)?


O CRIE é constituído de infraestrutura e logística específicas e tem como finalidade facilitar o acesso da população a uma ampla gama de vacinas, soros e imunoglobulinas que não são oferecidos nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde).1,2

Garantindo a universalidade da atenção e a equidade do cuidado, o CRIE atende de forma personalizada e gratuita o público que necessita de produtos especiais, de avançada tecnologia e alto custo, adquiridos pelo PNI (Programa Nacional de Imunização).1,2

Os imunobiológicos dos CRIE são direcionados a portadores de imunodeficiência congênita ou adquirida e de outras condições especiais de comorbidade, pessoas expostas a situações de risco, recém-nascidos internados em unidade neonatal e prematuros de baixo peso, dentre outras indicações.2

Imagem html

Navegue pelo Manual Interativo do CRIE1,2 para conhecer mais sobre as indicações de imunobiológicos, populações elegíveis, localidades, entre outras informações.
Image text 1

Além das vacinas informadas no Manual do CRIE, desde janeiro de 2021, o Programa Nacional de Imunizações (PNI) também introduziu ao calendário diferenciado do CRIE as vacinas pentavalente acelular (DTPa/Hib/VIP) e hexavalente acelular (DTPa/Hib/VIP/HepB).3

Acesse aqui o artigo completo sobre o tema e descubra quais populações são elegíveis.
Image text 02

Como o próprio nome diz, os prematuros nascem com o sistema imunológico ainda imaturo, o que os torna mais vulneráveis a infecções.5 Como passaram menos tempo no ventre materno, eles deixam de receber uma parte dos anticorpos da mãe. Por isso, bebês que chegam ao mundo de uma gestação incompleta exigem cuidados especiais.5

Na vacinação desse grupo, a orientação é seguir a idade cronológica. Ao atingir a idade adequada, mesmo que ainda esteja hospitalizada, a criança começa a receber, na própria unidade neonatal, a vacinação indicada pelo Programa Nacional de Imunizações.10 Após a alta, o calendário tem continuidade, e é possível buscar orientação sobre as doses nos Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais (CRIE).10

No CRIE, o bebê prematuro extremo (nascido com peso menor que 1 quilo ou menos de 31 semanas de gestação) tem acesso a vacinas combinadas acelulares, que não utilizam a célula inteira da bactéria da coqueluche e, por isso, reduz o risco de eventos adversos.2

Imagem html 5

Acesse aqui
o calendário vacinal do bebê prematuro. 

Abaixo, você também pode conferir quais são as vacinas necessárias para garantir a proteção para todas as idades. Clique para conferir os calendários:

Imagem calendário PNI
Imagem calendário 
SBIm
Imagem calendário
 SBP
Confira os eventos realizados

Para continuar lendo confirme que você é um profissional da saúde.