Nesta edição especial do almanaque, o Leiturinha se uniu à Sanofi Pasteur, uma das maiores empresas de vacinas no mundo, presente no Brasil há mais de 45 anos, para juntos abordarem um tema muito importante para famílias e crianças: a vacinação infantil.
 
DASCM-894_artigo-img-download_V1
Depois da água potável, as vacinas foram as principais responsáveis pela queda da mortalidade infantil e pelo aumento da expectativa de vida das populações.1 Mas, nos últimos anos, a adesão às campanhas de vacinação infantil vem caindo, o que aumenta o risco de retorno de doenças já controladas.2

Por isso, aproveitamos que em outubro comemora-se o Dia Mundial de Combate à Poliomielite e em novembro o Dia Mundial da Prematuridade para trazer à tona o tema da vacinação, tão importante para a proteção da saúde das crianças.

Você sabia que em 1994 o Brasil recebeu o certificado de eliminação da poliomielite?3


A principal estratégia para controlar a doença foram as campanhas de vacinação em massa. E deu certo! Mas, em outros países, o vírus ainda está ativo, por isso precisamos manter a atenção à vacinação para evitar que essa doença retorne.3 Para saber mais sobre como a vacinação ajudou a melhorar a vida dos nossos filhos, clique aqui

Aliás, precisamos manter atenção ao calendário de vacinas das crianças, sem nos esquecermos do papel importante que a vacinação também desempenha na proteção dos grupos mais vulneráveis, como bebês prematuros.

Por falar em prematuridade, você conhece o CRIE?

Para organizar e cumprir o calendário vacinal dos prematuros, novas tecnologias estão disponíveis na rede pública por meio dos Centros de Referência para Imunobiológicos Especiais (CRIEs). Eles foram criados no Sistema Único de Saúde para melhorar o cuidado com pessoas que necessitam de atenção especial. Aos prematuros extremos (aqueles que nascem com menos de 31 semanas gestacionais ou menos de 1 kg), por exemplo, os CRIEs oferecem vacinas combinadas acelulares desde a maternidade. É o caso das vacinas hexavalente e pentavalente acelulares. Trata-se de uma combinação da vacina tríplice bacteriana (difteria, tétano e coqueluche acelular) com outras vacinas a serem dadas na mesma época, como os imunizantes para doenças causadas pelo Haemophilus influenzae tipo b (principalmente meningite) e poliomielite. Essas oferecem proteção contra 5 ou 6 doenças em uma só injeção.4,5 Conheça o calendário vacinal de prematuros e suas diferenças.

Fique de olho nessa história e veja onde encontrar o ponto de vacinação mais próximo a você!


Nos siga nas redes sociais:

icon_facebook icon instagram icon podcast