campanha-robson

A vacinação de bebês e crianças é um ato de amor. E de responsabilidade.

Se hoje você é um adulto saudável é porque, lá atrás, quando era apenas um bebê ou uma criança, alguém cuidou para que você seguisse todo calendário vacinal em dia. O sucesso de uma campanha de vacinação não se vê apenas nos percentuais de vacinados, mas ao longo de toda vida.1 

E nenhum outro medicamento fez tanto pela vida quanto à vacinação nos últimos 200 anos.18

O Brasil sempre foi um exemplo mundial em campanhas de vacinação. Juntos, enfrentamos e vencemos um surto severo de meningite, eliminamos a pólio e pudemos controlar a maioria das doenças que afetam principalmente nossos bebês, crianças e os mais vulneráveis.18

Depois da água potável, foram as vacinas as principais responsáveis pela queda na mortalidade infantil e pelo aumento na expectativa de vida das populações.19
 
Mas para que elas possam agir, é preciso que mães, pais e cuidadores façam a sua parte.

Nos últimos anos, a adesão às campanhas de vacinação vem caindo de forma preocupante. No ano passado, não atingimos a meta de vacinação para nenhuma das doenças cobertas pelo Programa Nacional de Imunizações, através das unidades dos SUS2

Ainda dá tempo de virar esse jogo e proteger a saúde das nossas crianças, desde que essa seja uma tarefa de todos! 

Além de vacinar seus bebês durante o nascimento, os dois primeiros meses, dois anos e até o final da carteirinha de vacinação, oriente seus familiares e amigos a imunizarem seus filhos e manterem a carteirinha sempre em dia.

Não deixe que informações falsas se espalhem nos ambientes onde você frequenta: combata as fake news.20

Você também pode: 

1.Procurar uma unidade básica de saúde ou clínica de vacinação privada para esclarecer quaisquer outras dúvidas; 
2.Levar junto a carteira de vacinação infantil; 
3.Compartilhar esta matéria e reforçar a responsabilidade com outros pais e cuidadores de bebês e crianças sobre a vacinação porque #QuemAmaVacina
 
De novo não

De Novo Não! Doenças como Difteria, Tétano, Coqueluche, Haemophilus Tipo B* e Poliomielite devem ficar no passado.5

Mas elas estão querendo voltar.1 Segundo dados do Ministério da Saúde, das 8 vacinas obrigatórias para bebês e crianças, 7 tiveram uma cobertura abaixo da meta em 2018.
 
Nesse cenário, a importância da vacinação fica ainda maior, especialmente das vacinas para recém-nascidos e crianças como a BCG, a vacina combinada contra Difteria, Tétano, Coqueluche, Hepatite B, Hib* e Poliomielite, Vacina Pneumocócica, Rotavírus e Vacina Tríplice Viral. Elas são a maneira mais segura de proteger seus filhos contra essas doenças e contra Rubéola, Caxumba e Sarampo.14 
 
A principal consequência de não vacinar as crianças é que as doenças já erradicadas no Brasil podem voltar a aparecer. Quanto mais crianças forem vacinadas, menor é a chance dessas doenças se instalarem novamente em nosso país.
 
Vamos juntos dizer “De novo não!” para todas essas doenças, porque #QuemAmaVacina. Baixe nosso calendário de vacinação infantil6 disponível na seção Mais Informações Sobre Vacinação e dirija-se até a unidade básica de saúde ou clínica de vacinação particular mais próxima para receber orientações. 

*Doença invasiva por Haemophilus Influenzae tipo B.
Mitos e verdades sobre a Vacinação
Blog
Imagem blog
Confira nosso blog com uma série de artigos e conversas com especialistas sobre a vacinação em bebês e crianças. Algumas doenças, apesar de controladas, devem ser levadas a sério e para proteger a saúde dos pequenos e de todos a nossa volta, contamos com a vacinação.
 

Saiba mais
 
Dúvidas Frequentes
Mais informações sobre vacinação
GettyImages-545687156 Pacientes
Pacientes

Nos botões abaixo você tem mais informações sobre vacinação infantil, nosso calendário de vacinação e sobre unidades básicas de saúde.



downloadBaixar manual CRIE
GettyImages-108112936 Profissionais da Sade
Médicos

No Sanofi Conecta você encontra conteúdos exclusivos sobre as vacinas da Sanofi Pasteur, estudos científicos e eventos ao vivo para médicos e profissionais da área da Saúde.

Se você é Médico, acesse o Sanofi Conecta pelo link abaixo:

Acessar
GettyImages Sanofi especialista
Especialistas em Saúde

Nesta página você encontrará conteúdos com foco no paciente para apoiar a interação e divulgação do tema vacinação.

Se você é Especialista em Saúde, acesse o Sanofi Conecta pelo link abaixo:


Acessar

Nos siga nas redes sociais:

icon_facebook icon instagram icon podcast